Mãe Beth de Oxum é Iyalorixá, coquista, percussionista, produtora cultural e comunicadora popular. Está à frente do Ilê Axé Oxum Karê e do Centro Cultural Coco de Umbigada, promovendo a cultura, o combate ao racismo e ao preconceito religioso, os direitos humanos, a valorização da mulher, a formação dos jovens, o acesso à tecnologia digital e a participação em políticas públicas.

Está concorrendo a uma vaga na Câmara de Vereadores em Olinda, para mudar a realidade da cidade, que tem em sua população uma maioria de mulheres e pessoas negras e indígenas, mas um parlamento de maioria de homens brancos que defendem as elites e ignoram as necessidades das periferias.

“A cultura alimenta nossa Alma”

Mãe Beth tem experiência política e cultural de sobra. Há mais de 20 anos conduz a celebração da Sambada de Coco do Guadalupe. Atua politicamente há 30 anos, em espaços como a Comissão Nacional dos Povos de Terreiro, o Conselho Nacional de Políticas Culturais e o Conselho Estadual de Cultura, ou junto aos poderes públicos, defende propostas que fortalecem a cultura popular comunitária e nossas tradições ancestrais. Está conectada com os principais movimentos e causas sociais do país, sendo reconhecida nacionalmente e internacionalmente.

Através das ações do Centro Cultural Coco de Umbigada, ajudou a formar centenas de jovens para apropriação da cultura e das tecnologias digitais, e sua voz se amplia pela cidade através das ondas do rádio e nas Sambadas, que acontece no primeiro sábado de cada mês. Vem daí, a legitimidade obtida nas ruas e becos de Olinda, entre mestres e mestras da cultura, junto às mulheres pretas e à juventude, nos terreiros da cidade, que reconhecem a liderança, a coragem, a força de vontade e a disposição para a luta encarnada e entranhada em suas ações.

“Tá na hora da mulher preta e de terreiro protagonizar os espaços de poder e mudar o modo de fazer política em Olinda”.

Com uma campanha plural, coletiva e sobretudo feminina, formada por uma base de pessoas negras militantes de todas as partes da cidade, será construído um mandato participativo e que inverte a lógica atual. A política de Olinda não reflete sua população, nem em composição e tampouco interesses. A maioria das pessoas são invisíveis nos projetos políticos que conduzem a cidade, mandato após mandato, na Câmara e na Prefeitura. Olinda vai muito além da orla e do carnaval, pois está enraizada em um território multicultural, e precisa usar a potência de seu povo para se fortalecer em todos os bairros, o ano todo.

Nossas propostas refletem a caminhada e a construção feitas até aqui. Entre elas, destacamos:

  • Criação da Lei Municipal Cultura Viva, para fortalecimento comunitário da cultura popular em todos os bairros e para articular cultura e educação
  • Mapear toda a potencialidade cultural e criar mecanismos de financiamento para ações, projetos e prêmios para além dos ciclos
  • Fortalecimento do combate à violência contra a mulher e de iniciativas para melhorar suas condições de vida, como ampliação de creches e escolas, qualificação profissional e luta para eliminar as diferenças salariais
  • Criação de uma Lei Municipal de Inclusão Digital para formação profissional
  • Acesso à internet em espaços públicos, escolas e centros culturais
  • Frente em defesa do estado laico e da pluralidade religiosa
  • Combate ao racismo e fortalecimento das políticas de cotas e de projetos que garantam a equidade de gênero e raça

Conheça todas as nossas propostas clicando aqui.

Faça parte dessa campanha, somando seu voto e suas forças a essa caminhada! A cada dia, as periferias de Olinda se alinham na percepção de que Mãe Beth de Oxum é a liderança capaz de enfrentar a política suja que hoje se pratica, e levar nossas cores e nossos ritmos como símbolos de esperança e poder popular. Essa transformação é urgente, e contamos com você para realizá-la!

Tá na hora de eleger Mãe Beth de Oxum 65000

Está indecise? Ou quer ajudar?

Preencha o formulário abaixo e entraremos em contato!



    Vamos conversar!