As torneiras permanecem secas na maior parte dos dias nas periferias da nossa cidade, desde sempre! Como vereadora de Olinda, serei a voz das comunidades para cobrar soluções e investimento nos serviços de água, coleta e tratamento do esgoto.

Quando eu era criança, buscava água em cacimbas com meus irmãos para abastecer a casa. Hoje, convivemos com um rodízio de fornecimento que só piora a cada ano.

Quando a água chega, é só por um momento, e às vezes em quantidade tão pequena que nem é suficiente para encher nossas tanques e baldes. Muitas de nós, mães de família, carregamos água ou lavamos roupas de madrugada, de toda forma possível. Ou ficamos sem água por estar fora de casa, trabalhando, no momento em que ela chega.

Enquanto isso, vemos o desperdício resultante de um grande número de vazamentos. Você sabia que um estudo de 2018 do Movimento Menos Perda, Mais Água, da Organização das Nações Unidas (ONU), colocou Olinda como a quinta cidade que mais desperdiça água no Brasil? São 62,70% de perda de água tratada!

Água é direito de todos, e está sendo jogada fora e distribuída para poucos em Olinda! Compesa é uma empresa pública, e tem um papel social na garantia do acesso à água e ao esgotamento sanitário, que é um direito humano fundamental. Deve ser cobrada pela sociedade e pelo poder público municipal, prestar contas à população e trazer soluções urgentes!

Vamos juntos lutar pelo direito básico à água e saneamento básico. Por isso, dia 15 de novembro, vamos confirmar: Mãe Beth de Oxum 65000!

Receba informações da nossa campanha: http://bit.ly/euapoiomaebethdeoxum

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *